Que Haja Luz: Projetos de Iluminação Comercial para Incentivar as Vendas

Home / Não categorizado / Que Haja Luz: Projetos de Iluminação Comercial para Incentivar as Vendas

Na hora de ambientar a sua loja, existem muitas questões a serem respondidas. Qual a melhor forma de expor os seus produtos? Onde certos produtos devem ficar? Como o layout geral da loja deve parecer? Entre outras dúvidas… Mas e o projeto de iluminação comercial? Enquanto a luz pode ser uma reflexão tardia para muitos lojistas que estão começando, alguns já descobriram que a iluminação pode oferecer muito mais do que um simples ambiente. Esse utilitário básico que é a luz também pode impactar as suas vendas e a experiência do seu consumidor.

Estudos sugerem que a luz pode guiar os consumidores pela sua loja, além de aumentar o gasto médio por cliente. A Zumbotel, fornecedora austríaca de soluções de iluminação, afirma que “um varejista de moda na Alemanha viu suas vendas crescerem 12% comparada com outra loja local, depois de instalar um novo sistema de iluminação desenvolvido especificamente para apelar diretamente ao perfil dos seus consumidores”

Então, como você pode reforçar o seu projeto de iluminação para alavancar as suas vendas? Neste post vamos ver como criar uma estratégia que vai funcionar para a sua loja e produtos.

Recebendo os clientes: Como criar uma “atmosfera”

Os aspectos físicos da sua loja criam a sensação geral da experiência de venda. A luz é uma das maneiras que os varejistas podem criar uma atmosfera prazerosa para os seus clientes. Como as pessoas se sentem quando elas entram na sua loja pode afetar o humor delas, e também como eles percebem a sua marca e seus produtos.

Segundo a Topco, organização de serviços terceirizados focada em empresas de médio porte de varejo, atacado, foodservice e outros setores especializados, “escolher luzes que tem um impacto emocional significativo, direciona compradores para o seu produto chave e afeta amplamente em como eles percebem o seu negócio em geral.” Para decidir que tipo de atmosfera você quer que a sua iluminação crie, pense sobre como você quer que os clientes se sintam quando eles caminham pela sua loja.

Uma iluminação suave e aconchegante pode fazer com que as pessoas se sintam relaxadas e confortáveis, enquanto uma iluminação mais luminosa ajuda os clientes a ver o seu produto com mais clareza, como nessa loja da Louis Vuitton, em Londres:

Iluminação comercial em loja da Louis Vuitton

Imagem: Design Curial

Como no exemplo acima, a iluminação é mais fraca nas áreas de passagem e os produtos são iluminados com holofotes com alta luminosidade. Esta estratégia de luz coloca os produtos icônicos da LV em ênfase, e atrai os clientes imediatamente para as prateleiras.

Passo 1: Econtrando a Luminária ideal

Uma forma de criar uma atmosfera com sua estratégia de iluminação é através das luminárias. Selecione luminárias vintage, candelabros ou cúpulas para criar uma sensação intimista, enquanto iluminação de pista ou luminárias suspensas no corredor criar uma atmosfera mais uma atmosfera profissional.

Divida o seu espaço com uma mistura de tipos de luminárias em pontos diferentes da sua loja, distinguindo a entrada do vestiário, por exemplo. Independente das luminárias que você escolher, alinhe a sua estratégia de iluminação com a identidade da sua marca e os produtos oferecidos.

Um bom exemplo de uso de projeto de iluminação para criar uma atmosfera de acordo com a marca é o da Whisky Shop, luz baixa e asas de neon:

Loja com iluminação comercial

Imagem: Whisky Shop

Passo 2: Escolha uma temperatura

Uma das formas de criar uma atmosfera convidativa na sua loja é usando luzes quentes ou frias — existem benefícios para os dois sistemas de cor. Temperaturas de cor fria como branco fazem com que as áreas pareçam mais espaçosas, enquanto as temperaturas de cores quentes criam uma impressão de que espaço é menor e familiar.

Então, se você tem uma loja pequena e quer tentar faze-la parecer maior, considere usar luz fria. Ou, se você quer imprimir uma sensação de familiaridade ou nostalgia na sua loja você vai precisar usar uma luz quente.

Tipos de Iluminação Comercial

Existem diversos tipos de iluminação de varejo, como:

Luz ambiente: Se refere ao conceito de iluminação geral da sua loja. A luz ambiente cria toda a atmosfera da sua loja e tem o maior impacto. Por exemplo, se você tiver uma luminária grande no centro de sua loja, ela criará a iluminação do ambiente no espaço.

Iluminação de realce: Esta iluminação tipo “holofote” permite que as vitrines e interiores de lojas chamem a atenção para alguns produtos. No exemplo da Louis Vuitton acima, a loja usa iluminação de realce para iluminar as luxuosas bolsas e acessórios. Essa técnica é muito comum em lojas de luxo.

Iluminação de alta-atividadeConceitos de luz tradicionais geralmente deixam as lojas com corredores escuros e sombras. Mas a iluminação de alta atividade se concentra em cobrir todo o espaço com luzes intensas para eliminar a possibilidade de que os clientes não percebam seus produtos.

Por que as lâmpadas importam: LED x Florescente

Tradicionalmente, a luz florescente tem preferencia em lojas, mas recentemente muitos varejistas mudaram para iluminação LED. Ela é economicamente viável, e uma opção eficiente de iluminação para o varejo. Para um artigo do site Premier Lighting, proprietários da loja de iluminação afirmam que: “Enquanto qualquer tipo de iluminação é útil, donos de lojas estão particularmente enxergando benefícios mensuráveis do uso de iluminação LED. Esses tipos de luz são brilhantes, pequenas, e iluminam áreas segmentadas — todas as características que você precisa em luzes destinadas à espaços de varejo.”

Então, como você deve usar iluminação LED na sua loja? Em um artigo da Entrepreneur, intitulado “Iluminando a sua loja – e suas vendas”, Eric Strandberg, especialista em iluminação da base de Seattle do Lighting Design Lab, uma organização de treinamento e consultoria, afirma que “mesmo as melhores luzes de LED podem não ser a escolha certa para a sua loja. Outras opções como luzes fluorescentes lineares, por exemplo, podem ser melhor para iluminação geral, enquanto lâmpadas de LED podem ser mais apropriadas para luzes de realce.”

Você vai precisar tentar diferentes tipos de luzes na sua loja para ver qual serve melhor para o ambiente que você criou, bem como qual mostra os seus produtos da melhor maneira. Caminhar pela concorrência e ver como outras lojas estão iluminando os produtos e/ou testar diferentes estratégias de iluminação na sua própria loja para ver o qual é a luz mais adequada para mostrar os seus produtos pode ser uma boa ideia. Além disso, não fique preso a apenas um tipo de luz – muitas lojas de varejo misturam e combinam diferentes tipos de luz por toda a loja para obter o “melhor dos dois mundos”.

Iluminação comercial para interiores de lojas

Imagem: Zen Merchandiser

Crie uma hierarquia visual: os benefícios do contraste

Lux, outro site internacional especializado em dicas de iluminação, sugere que “Iluminação comercial deve ser de alto contraste, tornando a percepção mais fácil e aumentando os níveis de atenção.” Utilizando múltiplos recursos de luz na sua loja, você pode criar contraste em volta dos seus produtos –guiando a atenção dos seus clientes através das prateleiras e facilitando a visualização dos detalhes particulares de cada produto.

Tente criar sombras em volta do que está sendo exposto e use spots de luz direcionada para destacar os produtos importantes nas prateleiras. Use lugares iluminados estrategicamente para apontar para onde você quer que o olhar do cliente percorra.

Não esqueça de iluminar as vitrines da sua loja de uma maneira que atraia clientes para entrar na sua loja. Em vitrines, use realces acentuados para enfatizar a percepção de contrastes. Durante o fim da tarde e quando há pouca luz do dia, até mesmo baixos níveis de iluminação já são suficientes. O alto contraste em vitrines é uma ótima maneira de capturar os olhares dos transeuntes.

Design de iluminação focado no produto: os prós da iluminação embutida

Você não pode iluminar toda a área da sua loja com luz de contraste porque dessa forma você não estará contrastando nada. Ao usar um contraste forte com moderação, você pode se concentrar em atrair clientes para áreas de vendas, novos itens ou produtos de alta qualidade.

Para espaços de exibição maiores, onde você quer iluminar uma área grande, ao invez de indetificar um único produto, tente retroiluminar o seu suporte de exibição. Uma iluminação embutida mais suave é particularmente efetiva em guiar a atenção para prateleiras que são mais baixas – próximas ao chão, e podem passar despercebidas.

Iluminação comercial embutida

Imagem: Premier Lighting

A iluminação embutida também funciona para manter os clientes atentos às prateleiras enquanto navegam pelos itens expostos nos móveis. Além disso, ela pode ser usada para obter um ambiente mais suave e intimista,  já que a falta de um contraste forte é mais apelativa aos olhos. A retroiluminação de área ampla das prateleiras produz um efeito mais atraente do que apenas uma iluminação de realce.

Avançando com o design de iluminação comercial

A iluminação é parte de uma estratégia maior do seu negócio e da sua marca. Agora você entende melhor que uma iluminação correta pode aumentar as suas vendas e criar uma maravilhosa experiência aos clientes que entram na sua loja.

Você já tentou alguma estratégia de iluminação que ajudou a contribuir com o aumento das suas vendas? Se sim, conte para nós nos comentários!

Confira também 7 passos para melhorar as suas estratégias de PDV.

*Texto original: Shopify. Leia aqui.

Fone: +55 55 3286 4550 +55 11 30425472 +55 51 40429932
E-mail: contato@vitrinemedia.com.br
@vitrinemediabrasil

 

 

Related Posts

Register to get the Real Estate photography guide V1!

DOWNLOAD
close-link

FALE CONOSCO

A sua vitrine merece ser NOTÁVEL








Painel iluminado suspenso para vitrine na imobiliária RemaxPainéis Suspensos da VitrineMedia instalados em loja Remax da Itália